O assunto do post de hoje foi mais um aprendizado nas oficinas do Inova Moda 2016, oferecido gratuitamente aqui em Fortaleza pelo Senai em parceria com o Sebrae. Lá aprendemos um pouco sobre métodos que exploram a construção, desconstrução e re-construção das roupas. Um deles foi o MESCRAI.

Para Baxter (2008, p. 80) MESCRAI trata-se de “[…] uma sigla de ‘Modifique (aumente, diminua.), Elimine, Substitua, Combine, Rearranje, Adapte, Inverta’. Esses termos funcionam como uma lista de verificação para estimular possíveis modificações no produto”. Resumindo, é uma espécie de checklist de projetos e ideias para aumentar a produção e a originalidade do resultado final (no caso, um produto de moda). 

É uma importante ferramenta a ser incorporada no momento do brainstorm (tempestade de ideias). Outra hora super interessante para usar o MESCRAI, é quando precisa-se repensar um produto, construir uma nova coisa a partir de outra.

Mas, como eu aplico isso na prática? Por exemplo, em um planejamento de coleção?

Cada letra da sigla MESCRAI é uma possibilidade de alteração do produto. Na imagem abaixo, retirada da apresentação do Senai, explica direitinho o que se deve pensar em cada item do método.
Na oficina levei uma blusa e apliquei o MESCRAI nela e como resultado obtive uma saia e um acessório para pescoço (sei, que postei essa foto no post anterior, mas foi o meu único exemplo da oficina).
A Fernanda Berwian e a Graziela Morelli desenvolveram uma coleção de vestidos a partir da desconstrução de camisas. (Clique aqui para acessar o trabalho delas).
Grandes nomes da moda, como Issey Miyake e Rei Kawakubo, são exemplos de como a reconstrução funciona no fashion business e é uma grande promessa para o futuro do processo criativo dentro da moda. Se você quer oferecer ao mercado um produto com mais presenta e diferenciado, é uma boa sugestão utilizar o método MESCRAI na hora da criação. Lembrando que não se deve criticar / julgar ideias no processo de criação, deixe o julgamento para um posterior processo de filtragem.

Deixe um comentário